» Praias » Norte » Praia do Alto

Praia do Alto Ubatuba: boa para banho e para mergulho livre

A Praia do Alto é muito frequentada por famílias e casais. Suas águas calmas são ótimas para banho, crianças, para nadar e, por conta da visibilidade da água, boa também para mergulho livre. É totalmente cercada pela mata atlântica, com aspecto rústico e apenas um quiosque rústico representa a infraestrutura comercial na orla.

-23.414000, -45.023028

A Praia do Alto fica na região norte, entre a Vermelha do Norte e a Praia de Itamambuca

Para conhecer e fazer na Praia do Alto e arredores: localizada em uma região pouco desenvolvida comercial e turisticamente, há apenas opções naturais para quem busca o que fazer na praia do Alto. O lugar em si é propício para mergulho livre (snorkeling), assim como para a prática de pesca. Apenas 9,5 km sentido Paraty está a Cachoeira do Prumirim e, ao longo do caminho, estão algumas praias famosas, tais como a de Itamambuca, Félix, Português, Conchas e Prumirim. Veja mais opções na seção o que fazer.

Siga:      

Apresentação Resumida

Um ambiente para imersão em reflexões e harmonização. A Praia do Alto proporciona tais possibilidades, mas também propicia tranquilidade para os pais, assim como um ambiente discreto e reservado para curtir a relação a dois. Tão reservada que já figurou na lista das melhores praias do Brasil para naturismo.

Se você não pratica, calma, após a proibição nas praias de Ubatuba, o público alterou-se. Atualmente a Praia do Alto é frequentada famílias com crianças e casais. Aliás, por lá não tem som alto, bagunça e badalação. Existem dois acessos para ela, muito próximos um do outro, veja tais informações na seção como chegar.

Praias próximas do Alto mais conhecidas sentido Centro: Vermelha do Norte, Barra Seca e, já na região central, Perequê-Açú. Sentido Paraty: Itamambuca, Félix, Português e Prumirim.

Outras praias reservadas, calmas e boas para crianças e casais: Norte: Português (casais), Ubatumirim e Almada. Centro: Tenório. Região Sul: Santa Rita e Domingas Dias.

Informações rápidas

Praia boa para banho, crianças e mergulho livre
Fica no início da região norte, sentido Paraty
Está distante aproximadamente 9 km do centro de Ubatuba
Acesso da trilha na altura do KM 39 (aprox.)
Trilha da Praia do Alto é leve
Águas tranquilas para remar de SUP ou caiaque
Muito frequentada por famílias
Boa para banho, crianças e banhistas sem prática
Excelente para nadar
Leve máscara e snorkel, boa para mergulho livre
Apenas um quiosque no canto esquerdo
Opções de pousadas e casas para locação temporária na região
Próxima ao centro, com ampla variedade de comércios
Muitas opções de restaurantes na região central
Estacionamento na rodovia (proibido) ou privado
Parada de ônibus próximo da trilha
-23.414000, -45.023028

+Sobre a Praia do Alto

Imagine-se em uma praia com águas claras e limpas, sem ondas e correnteza. Olhe ao seu redor e sinta a mata atlântica te envolver. Diante de si apenas o horizonte, a brisa do mar e uma profunda sensação de tranquilidade. Você está na Praia do Alto.

A extensão da praia é de aproximadamente 200 metros e é frequentada por famílias, jovens e casais. Além de um quiosque rústico, não possui outros comércios.

Você encontrará sombras de árvores nos extremos e suas águas calmas são um convite para a prática de snorkeling. Com sorte poderá nadar ao lado de tartarugas que, vez por outra, passam pelas proximidades.

O acesso por via terrestre até ela só é possível através de trilhas. Existem duas, uma pública e outra privada.

Na privada você pode estacionar o veículo mediante pagamento. O percurso é mais fácil de ser percorrido, pois existem trechos concretados que conduzem até um ponto de encontro com a trilha aberta.

Já a principal é tranquila e, ao invés de concreto, o prazer de sentir o frescor da terra. O trajeto por ambas é rápido e curto, cerca de 10 minutos e não mais que 200 metros.

Na região norte, a Praia da Justa e, na sul, a Praia do Lamberto possuem características similares.

Fotos da Praia do Alto

Breve seleção de fotos da Praia do Alto

Deseja utilizar essas imagens para fins jornalísticos ou acadêmicos? Saiba mais.Elas estão licenciadas sob a licença CC-BY NC 4.0 International. Você pode solicitar quaisquer imagens para tais fins, desde que siga as orientações descritas na página de Direitos Autorais. Se preferir, entre em contato para mais informações e saiba que sentiremos imenso prazer em contribuir com seu projeto. Podemos fornecê-las sem logo ou em outros formatos e resoluções.

Veja mais fotos

Publicamos frequentemente fotografias das praias e atrativos de Ubatuba no Instagram. Com menos frequência no Facebook e, além disso, nosso fotógrafo publica no Google+. Já no Flickr você encontra grande parte de nosso acervo. O Flickr serve como referência para jornalistas, webwritters, blogueiros e outros que têm interesse em utilizar nossas fotografias. Talvez você queira seguir nosso Canal no YouTube.

Dicas de Ubatuba

Atualizações e Dicas de Ubatuba em seu e-mail: Cadastre-se

Siga-nos

Como ir até a Praia do Alto

A Praia do Alto fica entre a Praia Vermelha do Norte e a Praia de Itamambuca. Sentido Paraty, ao final da praia Vermelha há uma subida e, logo ao final dela, uma clareira serve como mirante da baía central.

Esse local é utilizado por algumas pessoas como estacionamento. Se optar por estacionar ali, será preciso caminhar até o início da trilha pelo acostamento da Rio-Santos.

Caso opte por seguir com o veículo, algumas dezenas de metros após esse ponto você identificará, ao seu lado direito, uma placa diante de um imóvel. Essa é uma segunda opção para estacionar, porém paga. Até 2018 o valor variava entre R$ 10 (bicicleta), R$ 20 (motos) e R$ 30 (veículos).

Alguns metros adiante está a entrada pública ou, em outras palavras, a trilha da Praia do Alto. É uma descida íngreme porém, com atenção e tranquilidade, chega-se sem grandes dificuldades.

Note que após dias chuvosos, tais como na estação mais quente do ano, ocorrem as chuvas de verão. Muitas vezes elas ocorrem no final do dia e, como a noite é mais fresca, não dá tempo de secar antes do amanhecer.

Nessas ocasiões a trilha pode ficar escorregadia e, dependendo da força do vento e da chuva, talvez você encontre árvores caídas que servem como obstáculos.

Para quem possui prática, não é um grande problema, mas para quem tem dificuldades, talvez a melhor opção seja pagar para estacionar na propriedade. A trilha por lá é cimentada e termina lá embaixo, pertinho da praia.

Os acessos da Praia do Alto ficam na altura do KM 39,5 da Rio-Santos.

Para mais informações, mapa interativo do Google Maps e linhas de ônibus em tempo real, por gentileza acesse como chegar na praia do Alto no blog Go Ubatuba.

Mapa da Praia do Alto

Veja informações completas sobre como chegar na Praia do Alto no site Go Ubatuba. Será aberta uma nova aba/janela.

Você encontra links para rotas com origem em outros bairros na seção Como Chegar, mais acima.

Praia do Alto Ubatuba Mapa - Mapa da Praia do Alto em Ubatuba

Praia do Alto Ubatuba Mapa – Como chegar na Praia do Alto

Referências Externas

Escreva pra nós

Se você deseja informações de qualquer gênero, não somente sobre essa praia, escreva para nós.

Deseja informações sobre espaços publicitários, teremos prazer em esclarecer suas principais dúvidas e questionamentos. Podemos nos falar ao telefone ou agendar um bate papo presencial para apresentar produtos e serviços.

Agora, caso tenha a intenção é fazer parceria, solicitar imagens, conteúdos ou compartilhar uma ideia diferente que lhe ocorreu, sinta-se a vontade para soltar a voz. Somos entusiastas de boas ideias!

Por fim, desde já agradecemos por reportar erros de português, links quebrados ou erros no site. Suas contribuições nesse sentido auxiliarão milhares de outros visitantes e usuários.

15 + 7 =

Ubatuba Guide: Guia turístico de Ubatuba online dedicado a você, turista, que deseja conhecer esse paraíso ecológico.

Textos, fotos e vídeos autorais disponíveis para uso jornalístico e acadêmico sob distintas licenças Creative Commons.

Valorizamos o design limpo, com liberdade para navegar sem ter que desviar de uma enxurrada de anúncios monetizados para chegar ao conteúdo.

Página publicada em 16/12/2016 e atualizada em 08/10/2018 por Deyves Martins (Redação UG)